Boas Práticas

Sendo uma área em permanente evolução, também as consideradas boas práticas estão também em permanente evolução, embora mantendo os mesmos fundamentos (funcionalidade, layout e conteudo), mas à medida que a internet evolui as expectativas dos utilizador alteram-se forçando também a que se altere ou corrija a forma de desenvolvimento dos websites.

Desde que o mundo mobile ganhou expressão de mercado, os clientes encontram-se mais focados em tecnologia de simples utilização e responsive. Mantendo estas tendências em mente ficam aqui alguns pontos a ter em conta em como boas praticas em webdesign, para 2016.

Site Responsive

Atualmente a utilização de smartphones já é superior à de laltops e desktops em termos de dispositivos a navegar na web. E esta tendência não mostra sinais de abrandar, o que significa que nunca foi tão pertinente pensar em responsive. Resumindo devemos optimizar o design para visualização e funcionalidade numa grande variedade de ecrãs. Atualmente um site não responsive é um ponto negativo para qualquer presença online.

Design Tátil

É critico desenhar e construir os elementos do website a pensar no utilizador de dispositivos móveis. A navegação na página utilizando os dedos em vez do rato requer componentes e botões maiores. O desafio é fornecer uma plataforma que não apresente menus ou links a sobreporem-se ou a abrir janelas por engano.

Foco na Experiência do Utilizador

A experiência do utilizador nunca foi tão importante. Com as constantes formas de utilizar tecnologia o consumidor espera agora muito mais de uma plataforma ou website. Falhar no cumprimento destas expectativas irá afastar o utilizador / consumidor.

Em todas as etapas do processo de design, é relevante perguntarmo-nos se o website cumpre os seus objetivos de forma rápida e eficiente. Não só este deve ser fácil de navegar, mas deve-se assegurar que toda a informação necessária como marca e contactos estão acessiveis sem que o utilizador tenha que pesquisar.

Design e retorno

A preocupação em conceber um layout o mais user-friendly possivel é relevante mas sem um design visual simples que guie o utilizador a navegar entre páginas resultará num website com bouce rate baixa.

Formulários Simples

Da mesma forma que pensamos em todo o site, os formulários ou qualquer tipo de interação solicitada ao utilizador, deve ser simples e de fácil acesso, não esperem que um utilizador num telemóvel vá preencher dezenas de campos de um formulário.

Com isto em mente, há que manter formulários simples, focando na informação realmente importante por exemplo nome e email. Utilizar fonts simples, permitir o auto-preenchimento dos campos entre outras funcionalidades que optimizem o processo de preenchimento.

Estes são apenas alguns pontos quando consideramos boas praticas em webdesign. Mantendo estas linhas em mente há que iniciar processos e fazer de 2016 um ano de web fantástica e capaz de responder às necessidades dos utilizadores.